[Game ON] Super Mario Bros Wii

Post_GameOn

Eu nunca achei que iria passar por isso tudo de novo, mas a Nintendo realmente sabe usar os seus mascotes. Estou jogando há algum tempo o mais recente game de plataforma do seu personagem mais popular: New Super Mario Bros Wii. Depois da releitura que Super Mario Bros ganhou para Nintendo DS, não é muita surpresa que o maior personagem dos games receba uma nova versão no Wii, antes de Mario Galaxy 2. O que este jogo trás de bom e de ruim? Acompanhe neste review.

SMBW-multiplayer2

É o mesmo jogo de sempre, mas com o fator caos incluído!

O jogo não é uma revolução no sistema de plataformas como Super Mario Galaxy foi, nem apresenta inúmeras variações com relação aos seus jogos mais consagrados, e isso nem de longe é ruim. O que o novo super Mario Bros Wii tem de sobra é a nostalgia dos seus games anteriores, por trazer todos os elementos que os gamers já conhecem do universo Mario Bros, e ainda acrescentar outros que não destoam do universo em questão. Os gráficos são bem simples, mas desempenham um papel suficiente num jogo onde a diversão é o que mais atrai os gamers. E ao contrário do que pensei, o multiplayer não é a essencia do jogo, mas sim mais uma camada no já extenso universo de do mascote da Nintendo.

SMBW-roupapenguim

Se o gelo é escorregadio, a roupa pinguim é a sua tração 4×4!!!

Uma das inovações do jogo é a roupa-helicóptero, que permite ao jogador uma ascensão curta, porém necessária para alcançar alguns objetivos mais altos do que o pulo na cabeça de seu companheiro poderia alcançar. Outra inclusão divertida foi a roupa-pinguim, que te permite andar melhor sobre superfícies escorregadias nas fases de gelo, e com um toque no direcional faz com que o seu personagem deslize por cima de buracos curtos e até pela superfície da água. Além dessas ainda temos a Ice-Flower, que permite ao jogador atirar bolas de gelo nos inimigos, transformando-os em blocos para serem usados contra outros adversários, ou em plataformas para posições superiores.

SMBW-fases

O design das fases segue o padrão já estabelecido pela franquia, passando por terra dos cogumelos, deserto, neve, mar e estrelas. Porém, uma reclamação constante tem sido a respeito da curva de dificuldade do jogo que está acima das demais games do gênero, e pode assustar quem está embarcando na franquia agora. Pensando nisso, uma nova funcionalidade foi acrescentada à mistura, e caso você morra mais de 8 vezes numa fase tentando pegar aquela Star Coin, um bloco verde aparece na sua próxima vida, e você recebe a ajuda de Luigi, que vai te mostrar um caminho simples e fácil de sair daquela fase. Entretanto ele não vai acessar áreas secretas, mostrar onde estão moedas e nem acertar outros inimigos a menos que seja necessário para sair da fase.
Outro detalhe interessante é o cuidado que a Nintendo teve em criar fases onde o multiplayer e o single player se complementam, mas você pode tentar fechar todos os detalhes do jogo no singleplayer sem problemas. Estas fases já são velhas conhecidas dos jogadores, e cada mundo é habitado por fases individuais, fases secretas (que garantem um pequeno fator replay pro jogo), castelos, mansões mal-assombradas e power-up houses (estas com o Toad de anfitrião).

SMBW-multiplayer

Por mais divertido que pular nos seus amigos seja, lembre-se que eles podem se vingar.

O Modo Multiplayer em si apresenta dois modos: Free for All, onde basicamente você percorre as fases do jogo com a ajuda de seus amigos, ou o Coin Battle, onde o objetivo é terminar a fase com o maior número de moedas, seja você alcançando o máximo, seja você sabotando os seus amigos durante o caminho. Mas é claro que não existe nenhuma limitação para que você crie uma Coin Battle dentro do jogo canônico, bastando para isso arrumar 3 amigos que você esteja a fim de sacanear (ou 3 amizades que queira terminar!)

Os controles tomaram uma direção diferente de Super Mario Galaxy, por exemplo. Você usa somente o WiiMote, horizontalmente, e o famoso salto em parafuso é acionado sacudindo o controle. Além disso, algumas plataformas e objetos do cenário exigem que você “equilibre” o seu WiiMote, enquanto joga normalmente com o seu personagem. Algumas vezes pode ser um pouco confuso, mas é uma adição à jogabilidade que mostra que a Nintendo soube utilizar o seu sensor de movimento.

SMBW-controles

Nesta parte, a luz é controlada pelo balanço do WiiMote…

Se você tem um Wii e ainda não comprou esse jogo, tá ai uma boa dica. Simples e sem precisar de muitas explicações sobre roteiro ou história, é uma boa pedida pra quem tem um bom grupo de amigos para jogar, pois fica no multiplayer fica mais divertido, mas um péssimo parceiro pode colocar muita dificuldade na sua vida. Assim como tem sido nos mais de 15 anos que temos visto de jogos do Mario em plataformas 2D,  a diversão é a palavra de ordem, e a nostlagia estará presente em vários aspectos, tanto de jogabilidade quanto de sons, que são os mesmos  desde o Super Nintendo. Se você está interessado em conhecer o mundo das plataformas 3D, esse é um excelente candidato.

[gametrailers 59073]